Blog

Recebendo meu primeiro pagamento do Adsense pelo Banco do Brasil (BB)

2

Finalmente ! Depois de vários meses juntando, em novembro/2008 atingi o valor mínimo para pagamento. Assim que atingi o valor, o Google solicitou algumas informações para poder fazer o pagamento, a chamada qualificação. Tive algumas dúvidas para preencher o formulário, então dei uma pesquisada na internet para obter algumas dicas. Encontrei o artigo do Manuel Lemos, porém ele recebe como pessoa jurídica. Diferente dele, eu não tenho conta corrente de pessoa jurídica. Mas como o Manuel Lemos falou que recebia tranquilamente os valores dele pelo Banco do Brasil, resolvi ligar para a minha agência e ver como deveria proceder, mesmo não tendo conta corrente no BB. Fui informado de que poderia estar recebendo, mesmo sendo pela minha poupança. Então, perguntei para a atendente os dados para mim informar ao Google, pois ele exigia o seguinte:

Número da conta bancária: <número da sua conta no banco>

Nome do titular da conta bancária: <seu nome, conforme cadastro do banco>

Código SWIF: <código SWIFT do banco, no caso no BB é: BRASBRRJSBO>

Nome do banco: <Banco do Brasil S/A>

Endereço do banco (rua e número): <endereço da agência>

Endereço do banco (cidade e estado): <cidade da agência>

Endereço do banco (CEP): <cep da agência>

Número da agência: <número da agência>

Número do banco: <no caso o BB é: 001>

Número de telefone do banco: <número do telefone da agência>

Depois de informar os dados e me qualificar, tive que aguardar mais alguns dias para a finalização dos processos de levantamento dos meus créditos. Fiquei monitorando pelo sistema, para saber quando iria ser enviado o pagamento. No dia 05 de janeiro de 2009, acessei o sistema e vi que o pagamento havia sido feito pelo Google, no dia 22 de dezembro. Liguei imediatamente para o banco, para ver se havia alguma coisa disponível. Nada ! Foram vários dias ligando e sempre era informado que não havia nada ! Passei para os atendentes o código que o Google informa no demonstrativo de lucros. Então deixei a história em “standby” (de molho).

Dia 20 de janeiro de 2009, resolvi ver se tinha novidades. No dia anterior, havia dado uma olhada no Blog do Adsense. Vi um vídeo feito para iniciantes (abaixo), que acabou me dando uma luz !

Então, liguei para a agência e falei com um funcionário que sabia de câmbio. Incrível, em poucos minutos ele me perguntou, qual é o valor ? E recebi a resposta que aguardava a dias … “está disponível !“. Então, fui até a agência. Dae, conversando com ele, fui informado que, com aquele código que tinha no documento do Google, não existia nada mesmo. Ele só conseguiu encontrar o meu pagamento porque ele pesquisou pelo meu nome. Minha sorte foi que o meu nome estava escrito certo !! Por isso, preste atenção ao preencher o formulário e não se apegue apenas no número fornecido pelo Google.

Não sei se foi porque a minha conta é só poupança, mas tive que assinar uma autorização, para poder creditar o valor na minha conta (poupança), onde tive que dar um “motivo” para o recebimento dessa importância. O motivo DEVE ser “publicidade e propaganda“. Dae, foi só esperar a grana entrar na conta !

Me assustei um pouco com os descontos, que foram de R$ 47,39, aproximadamente 19,52% sobre o valor ! Eu achei bastante ! Segundo o funcionário do banco, esse valor foi descontado porque o Google envia o dinheiro, mas os custos para o recebimento são por conta do destinatário. Como se fosse um “sedex a cobrar”.

Para saber qual foi o valor do dólar, os descontos e outros detalhes, acessei a minha conta pelo Home Banking e fui até o menu: Extratos > Ordem de pagamento recebidas do exterior, e acessei a ordem de pagamento.

Novos autores do Blog do Ale

0

Se você já vem acompanhando as publicações aqui do Blog do Ale, deve ter percebido que atualmente não sou apenas eu que escrevo os Posts ! Dede de Janeiro de 2008 estava contando com a colaboração do meu irmão e grande amigo Cristian D’ Ávila Assmann o qual publicava a coluna que escreve para o Jornal Correio Semanal, intitulada Amigos do Esporte. Depois de algumas conversas, consegui convencê-lo de criar uma outra coluna, onde escrevesse sobre Direito. Foi aí que nasceu a coluna Meus Direitos, com o objetivo de compartilhar seu conhecimento em Direito e disponibilizar informações úteis para as pessoas que tenham dúvidas sobre causas, seus direitos, seus deveres, etc.

Desde o final de julho de 2008, depois de uma breve conversa, o Sr. Donato Heinen também passou a colaborar com o Blog do Ale. Ele passou a publicar aqui a sua coluna, que escreve para o Jornal Correio Semanal de Santo Cristo – RS, chamada Notas e Apartes. A coluna é um resumo dos acontecimentos da semana em diversas áreas, como política, eventos de Santo Cristo e região, educação e outros.

E, depois de um convite e boas conversas, o Sr. Ademir José Lenz também passou a colaborar com o Blog do Ale. Ele escreve para a coluna Acontece em Santo Cristo. O objetivo da coluna é colocar na internet as principais notícias de Santo Cristo – RS. Fazer um resumo semanal dos acontecimentos, novidades e principais notícias de Santo Cristo – RS, para que “a internet” fique sabendo que Santo Cristo existe e assim, queremos colocar Santo Cristo no mapa !! E também,  permitir que santocristenses que moram longe (como eu) fiquem sabendo o que acontece em Santo Cristo e região !!!

Aos autores, agradeço a confiança e desejo a todos um ótimo trabalho e muito sucesso !! E a você leitor, aguarde mais novidades e muito conteúdo !!!

Como saber detalhes de quem acessa o meu site

6

Você sabe de onde estão vindo os visitantes do seu site ? Que sites direcionam mais visitantes para o seu site ? O que eles mais acessam ? Quais são as palavras mais pesquisadas ? Quanto tempo costumam ficar nagevando no site ? Quantas páginas costumam acessar ?

Essas e mais algumas perguntas costumam “infernizar” a vida da maioria dos webmasters e também proprietários de sites ou blogs. Desde que criei o meu Blog, buscava uma boa ferramenta que gerasse relatórios de acessos e me permitisse fazer análise dos acessos, origens, conteúdos mais acessados, etc. Com a ajuda dessa ferramenta eu teria como analizar o perfil dos meus leitores e saber o que está dando resultado, quais os posts que estão sendo mais acessados, conteúdos mais procurados, etc. Então, vai aí as dicas das ferramentas que eu utilizo atualmente:

1.Clicky

É uma ferramenta que disponibiliza alguns relatórios como o Google Analytics, porém tem 2 coisas que mais me interessaram:

a) Acesso ao relatório on-line, ou seja, se alguém está acessando o site nesse momento, você pode saber.

b) Integração com o Feedburner, para monitorar os assinantes via Feedburner.

Tela inicial do Clicky

c) O Spy é uma opção muito interessante, pois o sistema fica monitorando os acessos sem que você tenha que estar atualizando a página.

Spy, do Clicky

d) Permite você monitorar todas as ações do seu visitante. Então, se o visitante acessar uma determinada página e ficar navegando pelo site, você tem como saber o que ele fez, obtendo detalhes interessantes também, como sistema operacional, browser, resolução de tela, etc …

Monitoramento das ações

e) Assim como o Google analytics, você pode monitorar quais as palavras que foram pesquisadas e que geraram o acesso.

Relatório de cidades que originaram os acessos

Para usar essa ferramenta, você precisa se cadastrar no e depois de feito o cadastro, você precisa copiar o código e colocar no site. Assim como no caso do Google analytics, você precisa colocar o código antes do final da tag “<body>”, em todas as páginas que deseja monitorar. Essa ferramenta é free (trial) por 21 dias e são disponibilizadas algumas das funcionalidades nesse período. Depois desse período, você pode continuar utilizando uma versão free (mais limitada) ou pagar $ 3,99/mês pela versão Blogger. Também tem outros planos que se diferenciam no número de páginas visitadas por dia e funcionalidades disponibilizadas. Mas você também pode ganhar dinheiro com ele ! Veja como, no site, na parte de afiliate.

1. Google analytics

É uma ferramenta grátis que disponibiliza vários relatórios estatísticos de acessos. Qualquer pessoa com uma conta Google, pode utilizá-lo. Para tanto, basta cadastrar o site no Google Analytics e copiar o código que será disponibilizado e colocá-lo no seu site/blog, antes de fechar a tag “<body>” de todas as páginas que se quer obter relatórios de acesso. Se você tiver um blog (do wordpress), fica simples pois basta abrir o arquivo footer.php e colocar o código e pronto, todas as páginas do blog estarão sendo monitoradas !

Você pode enviar os relatórios por e-mail e inclusive agendar esses envios como sendo: diários, semanais, mensais ou trimestrais. Você pode saber de que cidades mais vem visitas, quais são as palavras mais buscadas, quais as páginas mais acessadas. Você pode ainda filtrar os relatórios chegando ao ponto de analizar uma única página (ver imagem abaixo) e ver detalhes de acesso a essa única página como: palavras mais pesquisadas, cidades que originaram acessos, de que sites que vieram acessos (fontes de tráfego), idioma, tipo de conexão utilizada pelo vistante, browser utilizado, resolução de tela e tantos outros.  Um ponto negativo dele é que os relatórios não são atualizados on-line. Veja agora, algumas telas da ferramenta e alguns relatórios que você pode obter.

Painel do Google analyticsPainel do Google analytics, acessos geograficamente

Painel do Google analytics, por cidadesPainel do Google analytics, visão de uma página específica

3. Awstats via Cpanel

No incício utilizava apenas o Awstats que é disponibilizado pelo provedor de hospedagem, porém é um pouco limitado. Ele monitora todos os acessos, inclusive os acessos a parte administrativa do blog. No meu caso, utilizo ele para monitorar o consumo de banda de imagens, arquivos, comparo as palavras-chave com os outros 2 relatórios das outras 2 ferramentas … Essa ferramenta é disponibilizada gratuitamente para todos os meus clientes de hospedagem. Um ponto negativo dele é que os relatórios não são atualizados on-line, porém possui algumas informações que os outros não disponibilizam.

Tela do Awstats

Conclusão

A conclusão que cheguei foi que devemos monitorar e assim conhecer quem acessa o nosso site/blog a fim de estarmos sempre em busca de satisfazê-lo, trazendo conteúdos de seu interesse e fazendo-o sempre querer voltar. Utilizo o  Clicky e o Google analytics e tenho acompanhado os resultados de ambos. No Google analytics eu agendei alguns relatórios semanais e outros mensais para que eu não precise ficar acessando o sistema todos os dias. Já o clicky é interessante justamente pelo fato de você poder ficar monitorando os acessos no momento em que acontecem …

Por exemplo: Digamos que você criou uma aplicação para web … e em um determinado momento aconteceu um erro no banco de dados ou através do log do apache, você descobre que em um determinado momento, aconteceu um erro. Se você puder saber do visitante: qual o sistema operacional que usava, se tinha javascript habilitado, qual browser utilizava … você pode chegar à solução do problema mais rapidamente !

Bom, espero ter ajudado. Se você conhece outra ferramenta de monitoramento ou gostaria de compartilhar sua experiência no uso dessas ferramentas, deixe seu comentário aqui.

Tela do meebo

Meebo widget

4

Olá caros leitores do blog. Acabo de adicionar uma nova funcionalidade no blog, que é o Meebo widget. CTela do meeboom ele todo o interneuta que quiser, poderá entrar em contato comigo, mesmo sem ter MSN ou qualquer programa de troca de mensagens instantâneas. Seu funcionamento é muito simples. Para enviar uma mensagem, basta digitar a mensagem desejada no campo (conforme figura ao lado) e teclar enter. Assim que enviar a mensagem estarei respondendo e interagindo.

Eu adicionei essa funcionalidade no meu blog, mas isso pode ser criado para qualquer site. A distribuição é livre e muito simples de implementar ! Logo abaixo, informo passo-a-passo como fazer. Pode ser uma solução rápida, barata (grátis) e simples para empresas que prestam suporte ou atendimento a clientes ! Eu coloquei e agora vou testar … parece ser bem interessante !! Vamos ver no que vai dar !! Não deixe de postar seu comentário !

Bom, agora vou explicar passo-a-passo como colocar essa funcionalidade em seu site (em menos de 2 minutos) !

1°) Se você ainda não possui uma id meebo, acesse o site da meebo e crie uma conta (registre-se !).

2°) Clique em “get meebo” logo a baixo da caixinha da funcionalidade ao lado (no widget) ou aqui.

Agora, você passará por 3 passos até obter o código:

1° Passo:

Em ” Widget title”, informe um título para o seu widget e em ” Display name”, informe o nick que irá aparecer. No meu caso foram: alemao e ale, respectivamente.

Logo abaixo, em “Choose a widget”, você escolhe o tamanho para o widget. Você pode persolalizá-lo também, inclusive escolhendo cores !

2° Passo:

É a etapa que vc se identifica, ou seja, aí você informa a sua id meebo e a sua senha.

3 ° Passo:

Pronto ! Agora, basta você copiar o código que acaba de ser gerado e colocar no seu site ! Muito simples !! Agora, para antender as “chamadas”, você precisa se conectar na sua conta na meebo.com e atendê-las !!

Go to Top